Siemens quer recarregar veículos eléctricos em 6 minutos

Siemens quer recarregar veículos eléctricos em 6 minutos

A Siemens Energy está a trabalhar num projecto designado Edison, que envolve o desenvolvimento  de uma nova tecnologiaque permitirá aos proprietários de carros eléctricos recarregarem os seus veículos num espaço de tempo tão curto quanto uns simples seis minutos! A nova tecnologia de recarregamento funciona graças ao incremento da potência para valores até 300 KiloWatts permitindo deste modo uma abastecimento quase automático.

Siemens estuda carga rápida

Participam no projecto  a Universidade Técnica da Dinamarca e o seu centro de investigação Risø-DTU, bem como a Dong Energy, o centro de investigação e desenvolvimento Eurisco, a IBM e a Siemens.

A confirmar-se, esta tecnologia seria um passo gigantesco para a Siemens, que ultimamente colaborou com a Statoil-Hydro para desenvolver turbinas para captação de energia eólica off-shore, ou seja, em pleno oceano.

De início, a Siemens pretende desenvolver um sistema de carga rápida para carregamentos em 2o minutos através de uma razão tensão/corrente de 400 Volt/63 Ampere. Uma vez conseguido este objectivo, Sven Holthusen, o responsável pelo projecto EDISON afirma ir tentar elevar a potência de carregamento até aos 300 KW de forma a que as baterias possam vir a ser carregadas nos tais míseros 6 minutos, intervalo ao nível daquele que costumamos dispensar para abastecer de gasolina ou gasóleo.

Os responsáveis afirmam que as novas baterias de iões de lítio capazes de tais capacidades de carregamento estarão disooníveis no mercado num futuro muito próximo.

6 Comentários

  1. Manuel Luís de Almeida

    Se o conseguirem “é obra” 300KW correspondem a 300.000 Watts, causa-me alguma perplexidade, mas tudo é possível por isso é que existem cientistas e ciência, que os deuses vos inspirem.

  2. Ultimamente ando muito curioso com este tema!

    Acho uma ideia optima, pois era grande reviravolta para os senhores das bombas de gasolina!

    Afinal de contas, se conseguise mos carregar os carros em 6 minutos penso que havia mais pessoal a comprar carros eletricos!

    Eu gostava de comprar um eletrico, mas vai depender do preço do carro que gostava de comprar quando ele vier para Portugal!

    Até lá, espero que consigam meter os carros a serem carregados até 6 minutos!

    Abraço

    e força nesse projecto estão de parabens por tal ideia!

  3. Falta saber se as baterias “gostam” de tanta corrente de carregamento. E se forem 10 carros a carregar? 3MW só para um posto é muito power.

  4. olá pessoal estou aqui no brasil,também temos um atraso,de tecnologia,e desenvolvimento,os governos,aqui e ai em portugal,tem a mesma visão caotica,sobre as coisas modernas,e que fazem bem à humanidade,espero um dia poder rodar com um carro desses,quase sem dor na consciência,acho que terei que nascer,mais umas tres vezes rsrsrs.abraços aos patricios.28/10/2010.
    gostaria de conhecer portugal meu e-mail é ogheri.demetrio@gmail.com

  5. Eu tenho a ideia de que mesmo as mais recentes baterias de iões de lítio, que a carga quanto mais rápida, mais afecta a sua vida útil!…
    É preciso considerar…

  6. Como engº de materiais, parece-me um pouco utópico. Aceito que venha a ser possível, mas no mínimo, dawqui a un 7/10 anos.

    Actualmente simplesmente não existem baterias com tanta mobilidade de ioes para permitir uma “flash-charge” do género. Há que pensar tb que o tempo de carga está intimamente relacionado com o tempo de descarga e a sensibilidade à auto-descarga.

    Há tb a questão de ter redes com tanta potência disponível..

    É um bom projecto de investigação, mas vais levar muito, muito tempo. E neste mesmo tempo, é quase certo que as células de combustível frias vão atingir um desenvolvimento superior e tornar practicamente desinteressante o uso de baterias (com menor relaçao peso/potência do que estas mesmas).

    Contudo, fixe 🙂

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *